Sexo, paixão, amor e amizade

Você viu?
agosto 22, 2017
Quem disse que sou ciumento?
setembro 18, 2017

Sexo, paixão, amor e amizade

Você já parou para pensar o que essas palavras representam para você?
Se não, pode estar aí boa parte do seu sofrimento nos relacionamentos amorosos.
Para entender melhor, leia com calma:
Sexo, que nesse caso é consequência do sentimento de desejo, pode existir sem paixão, sem amor e sem amizade, ou seja, é possível que você tenha tesão por uma pessoa mesmo sem amá-la, estar apaixonado ou até mesmo ter amizade. É importante destacar que quem se entrega só aos desejos, acabará ficando com o coração vazio (afastado do afeto).
Paixão é o novo, que pode ser por um objeto ou por uma pessoa. Vejamos: sabe quando você tem um monnnte de brincos e compra um novo? Pois é! Durante um bom tempo você terá olhos só para esse brinco “novo”. Isso é paixão. Tanto que, quando esse encantamento do novo passar, você não vai mais ter olhos para aquele brinco. Outro exemplo interessante é a compra de um celular. Enquanto você estiver explorando todos os recursos do celular, descobrindo o eu há de novo nele, haverá uma paixão por este objeto. Nos relacionamentos amorosos essa paixão vai durar (um meses ou anos) enquanto o outro conseguir lhe apresentar o novo no seu modo de ser e agir. Paixão também é o próximo minuto. Tipo, você acabou de estar com a pessoa e vai embora, ao chegar em casa você envia uma mensagem dizendo: “Saudade.” Como assim? Tem menos de uma hora que você estava com a pessoa? Além disso, há paixão sem amor, mas não há paixão sem sexo. Paixão implica em desejo e, com os recursos tecnológicos das redes sociais, nem precisa ter contato físico, ou seja, apaixonado você vai ser tomado por um fogo que culminará em sexo, mesmo que seja virtual.
Amor: Ahhh o amor! Tão confuso, coitado. Quer saber o que não é o amor? Pergunte para alguém. Com certeza ele vai responder um monte de coisas e não vai conseguir concluir. Uma maneira simples de definir o amor é pensar no amor de mãe. Imagine a seguinte situação: Seu filho acaba de nascer e você é capaz e imaginá-lo adulto, formado, médico, engenheiro, dentista, etc. Como você acaba de dar à luz e já imagina uma pessoa em sua vida daqui 25, 30 anos? Isso é amor. Você não se imaginar sem o outro em sua vida. Nos relacionamentos amorosos o amor é você querer que o outro esteja em sua vida por um período indeterminado, é você incluí-lo nos seus planos e objetivos futuros. No amor estarão presentes o sexo, a paixão e a amizade, porém o amor é independente de sexo ou paixão. Paixão e sexo existirão por um tempo, mas ao final restará a amizade e se permanecer o desejo de continuar com o outro, ali ainda pode residir o amor.
A amizade pode existir com ou sem paixão, amor ou sexo, porém é possível haver amizade com sexo. Muitas pessoas podem pensar: Ahhhh, eu não dou conta! Sim, é possível que a maioria das pessoas não consigam, mas há pessoas que se organizam emocionalmente e mantém uma amizade com sexo.
Essa maneira de pensar sobre o sexo, paixão, amor e amizade, não esgota o assunto. A idéia é que você consiga diferenciar o tipo de sentimento que você desenvolve por alguém para evitar se apaixonar, amar ou se entregar sexualmente a todos os relacionamentos. Conhecendo o que você sente, fica mais fácil sofrer menos.

www.consultorsentimental.com.br
Face: @consultorsentimentalonline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *